Marcenaria da cozinha: que cor escolher?

14/12 2015
02

Uma seguidora me enviou uma dúvida sobre as cores da marcenaria de sua Casa Novah, ela adquiriu uma casa enxuta e que pede por móveis bem planejados, mas  aí surge a dúvida. Ela quer um projeto lindo, funcional e quer colocar marcenaria escura, mas está insegura.

Então vamos lá: cozinhas muito pequenas por exemplo, podem sim ter móveis escuros, mas eles precisam ter alguns elementos que dão leveza ao espaço sem “chapar” as vistas que temos das peças. Usar iluminação indireta, portas em vidro, interior dos nichos em cores claras, são soluções que contribuem muito para um projeto arrojado, exclusivo e que não vai deixar o ambiente pesado e cansativo. Ah!!! E não se esqueça de analisar a cor da bancada, ela influencia muito.

Esse tipo de situação exige um profissional experiente, para que os móveis planejados fiquem como nos sonhos e não se tornem um pesadelo.

Selecionei algumas imagens para inspirar.

01

02

Projeto das arquitetas Daniela Cerbatto e Claudia Novak para a Casa Cor PR – Foto: Daniel Sorrentino

 

03

Projeto arquiteta Adriana Fontana – Foto: Adriana Barbosa

Beijos e até a próxima.

rufipng2.11

Foto 01: http://www.plantaeprojeto.com.br/perspectivas-fachadas-decoracao/projeto-foto-cozinha

Foto 02: http://www.coisademulher.info/2015/07/14-dicas-para-ganhar-espaco-na-cozinha/

Foto 03: http://revistacasalinda.uol.com.br/ambientes/cozinha/cozinha-charmosa-e-colorida/?secao=beleza

 

 

Telhados e fachadas: é hora de definir.

10/12 2015
Telhado embutido + laje impermeabilizada - Projeto Arytana Stefenoni e Ticiana Stefenoni - Casa dos Umbus

Quando vamos construir, depois de definida a planta, chegamos à fase de definir a forma e consequentemente o tipo de cobertura.

Então mais uma dúvida surge, não é mesmo? Assim, o ideal é pesquisar algum estilo que você goste, para apresentar para seu arquiteto, á fim de que ele possa entender melhor a forma que mais lhe agrada e combina com seu estilo. Mas algumas características podem ser levadas em conta na hora da decisão.

Primeiro, vamos falar das coberturas mais usadas:

  • cobertura aparente: dependendo do tipo de telha, pode ter de 25 á 50% de inclinação, neste caso são mais comumente usadas as telhas cerâmicas e de concreto.
  • cobertura telhado embutido: inclinação entre 10 e 15%, podemos usar telhas em fibrocimento, fibras de PVA (que reduzem em até 5% sensação térmica interna) e a telha sanduíche que trata-se de uma telha metálica com uma camada de isopor que também reduz significativamente a sensação térmica do ambiente, se comparada á uma telha metálica convencional. Uma vantagem deste telhado embutido é que como as telhas são grandes o madeiramento ou estrutura metálica são montados mais espaçadamente, diminuindo assim o investimento neste ítem da obra.
  • laje impermeabilizada: confere um ar contemporâneo á edificação, neste caso não se usa telha e a inclinação vai de 2 á 5%.

Em uma casa, podemos fazer o uso de telhados aparentes,  embutidos e lajes impermeabilizadas, compondo assim um conjunto harmônico. Selecionei algumas imagens para inspirar:

Telhado embutido + laje impermeabilizada - Projeto Arytana Stefenoni e Ticiana Stefenoni - Casa dos Umbus

Telhado embutido + laje impermeabilizada – Projeto Arytana Stefenoni e Ticiana Stefenoni – Casa dos Umbus

Telhado Aparente + Telhado Embutido - projeto escritório Seferin

Telhado Aparente + Telhado Embutido – projeto escritório Seferino

Beijos e até a próxima.

rufipng2.11

Foto 01: http://www.anualdesign.com.br/centrodobrasil/projetos/560/casa-dos-umbus/

Foto 02: http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/Ambientes/fotos/2013/06/fachada.html#F4

Ar Condicionado Inverter.

08/12 2015
Ar-Condicionado-Split-Inverter-Samsung-9000-BTUs-Frio

Ar-Condicionado-Split-Inverter-Samsung-9000-BTUs-Frio

Chegou recente no mercado uma linha de ar condicionado de várias marcas, denominado inverter.

Mas afinal, do que se trata?

A condessadora da maioria dos ares-condicionados, possuem um tipo de termostato que desliga o motor assim que a temperatura do ambiente atinge àquela ideal. Agora o ar Inverter, apenas diminui sua rotação, fazendo assim com que o aparelho não gaste energia com a partida do motor. Estima-se que esta economia chegue em até 60% com relação aos modelos tradicionais.

Outro aliando para este modelo, é que como não dão partida no motor periodicamente, são mais silenciosos.

Com relação ao preço, um aparelho convencional de 9.000 Btus sai em torno de R$1.100,00 enquanto o inverter sai por R$1600,00. O investimento é bom quando calculamos á médio e longo prazo e ainda economizando energia, ajudamos o meio ambiente.

Então é isso. Se você tem alguma experiencia com com o Ar Condicionado Inverter, descreva aqui nos comentários.

Beijos e até a próxima.

rufipng2.11

http://www.centralar.com.br/ar-condicionado-split-9000-btus-frio-220v-samsung-smart-inverter-asv09psbu-xaz.html

Escolhendo o forno de embutir.

01/12 2015
Forno

Forno

Quando estamos com a obra em andamento, já precisamos definir algumas coisas e uma delas é o forno da cozinha. Se você preferir um forno á gás é necessário deixar uma tubulação exclusiva para ele, nada de fazer adaptações com a tubulação destinada ao fogão. O mesmo vale para os fornos elétricos, o ideal é que seja feita uma instalação exclusiva com um disjuntor destinado só para ele.

Mas aí você me pergunta: qual é melhor, a gás ou elétrico?

Isto é muito pessoal, mas existem algumas características que podem te ajudar a decidir.

O forno elétrico demora mais á aquecer e também para perder calor quando desligado, gasta mais energia elétrica, porém o processo de cozimento acontece mais uniformemente. O prato ficará assado igualmente em todas as partes.

O forno á gás consome pouca energia elétrica, aquece e resfria mais rápido, porém o processo de assar não é tão homogêneo quanto no forno elétrico.

Vamos lá, escolhido o tipo de alimentação de fonte de calor, vamos á capacidade. Avalie qual sua real necessidade para definir o tamanho do forno. Lembre-se dos refratários que você tem em sua casa e se eles vão caber no forno.

As medidas também são muito importantes, na descrição técnica do forno existe uma medida denominada “nicho” elas que vão determinar se o forno caberá no espaço entre a base e a saia se for instalar sob o cook top ou ainda as medidas para a torre de fornos.

Outra dica interessante é a escolha por modelos autolimpantes, pois como eles aquecem até em média 470º para fazer o processo de limpeza, possuem um isolamento térmico ainda maior que os outros. Assim a perda de calor para o ambiente é menor.

Lógico que a aparência do produto conta muito, mas precisamos aliar beleza com funcionalidade!

Beijos e até a próxima!

rufipng2.11

Foto 01: http://minhanovacasinha.blogspot.com/2013/02/forno-gas-ou-eletrico.html

Facebook

Instagram