Obra Vip e seus profissionais.

02/05 2016
PLACA site111

download

À uns 15 dias li uma reportagem, na Folha de São Paulo, sobre o perfil do novo profissional de arquitetura, design e decoração. Bem diferente de uns 20 anos atrás, onde alguns profissionais ainda tinham a prática de terminar o projeto de arquitetura e entregar para o cliente.

Hoje a maioria dos profissionais da área e também o que se espera deles, praticam um acompanhamento diferenciado.

Definir layout (posição do mobiliário no ambiente), desenhar móveis exclusivos e específicos para o tipo de uso, auxiliar na escolha de materiais e auxiliar na realização de orçamento de mão-de-obra e prestadores de serviço, são itens importantíssimos na hora de escolher um profissional da área.

Querendo ou não, eles já estão no meio e por isso sabem dizer se determinada empresa entrega ou não na data, se presta serviço de qualidade, dentre outras características.

Tudo isso deve ser acertado na primeira reunião, discutindo todas as dúvidas com o profissional a ser contratado.

Assim, você terá uma Obra Vip.

 

 

Foto 01: http://www.galeriadaarquitetura.com.br/Blog/post/saiba-como-fazer-seu-proprio-modelo-de-contrato-de-arquitetura
http://www1.folha.uol.com.br/serafina/2016/05/1763308-jovens-arquitetos-reinventam-seu-oficio-por-causa-da-crise.shtml

Telhados e fachadas: é hora de definir.

10/12 2015
Telhado embutido + laje impermeabilizada - Projeto Arytana Stefenoni e Ticiana Stefenoni - Casa dos Umbus

Quando vamos construir, depois de definida a planta, chegamos à fase de definir a forma e consequentemente o tipo de cobertura.

Então mais uma dúvida surge, não é mesmo? Assim, o ideal é pesquisar algum estilo que você goste, para apresentar para seu arquiteto, á fim de que ele possa entender melhor a forma que mais lhe agrada e combina com seu estilo. Mas algumas características podem ser levadas em conta na hora da decisão.

Primeiro, vamos falar das coberturas mais usadas:

  • cobertura aparente: dependendo do tipo de telha, pode ter de 25 á 50% de inclinação, neste caso são mais comumente usadas as telhas cerâmicas e de concreto.
  • cobertura telhado embutido: inclinação entre 10 e 15%, podemos usar telhas em fibrocimento, fibras de PVA (que reduzem em até 5% sensação térmica interna) e a telha sanduíche que trata-se de uma telha metálica com uma camada de isopor que também reduz significativamente a sensação térmica do ambiente, se comparada á uma telha metálica convencional. Uma vantagem deste telhado embutido é que como as telhas são grandes o madeiramento ou estrutura metálica são montados mais espaçadamente, diminuindo assim o investimento neste ítem da obra.
  • laje impermeabilizada: confere um ar contemporâneo á edificação, neste caso não se usa telha e a inclinação vai de 2 á 5%.

Em uma casa, podemos fazer o uso de telhados aparentes,  embutidos e lajes impermeabilizadas, compondo assim um conjunto harmônico. Selecionei algumas imagens para inspirar:

Telhado embutido + laje impermeabilizada - Projeto Arytana Stefenoni e Ticiana Stefenoni - Casa dos Umbus

Telhado embutido + laje impermeabilizada – Projeto Arytana Stefenoni e Ticiana Stefenoni – Casa dos Umbus

Telhado Aparente + Telhado Embutido - projeto escritório Seferin

Telhado Aparente + Telhado Embutido – projeto escritório Seferino

Beijos e até a próxima.

rufipng2.11

Foto 01: http://www.anualdesign.com.br/centrodobrasil/projetos/560/casa-dos-umbus/

Foto 02: http://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Decoracao/Ambientes/fotos/2013/06/fachada.html#F4

“Já que”: o terror dos orçamentos.

24/11 2015
reforma-1024x768

reforma-1024x768

Quem ainda não ouviu essa expressão, vai se entender direitinho o que é, a partir dos exemplos abaixo:

Já que estou trocando o piso da sala e cozinha, vou trocar do resto da casa.

Já que vou reformar o quarto, por que não transformá-lo em uma suíte?

Já que vou fazer banheiro em um quarto, porque não fazer no outro?

E assim o orçamento vai extrapolando e o projeto vai perdendo a funcionalidade inicial.

Neste exemplos acima, se sua vontade sempre foi transformar todos os quartos em suíte, já deixe isto previsto no projeto e faça em outra etapa. Assim você não gasta mais do que o previsto e a obra ficará integrada sem aquele ar de “puxadinho”.

Sei que a reforma na casa e a ideia de mudança, nos deixa com uma grande empolgação, mas não se esqueça de fazer as contas certinhas com relação ao orçamento.

Então pense direitinho e na hora que o “Jaquê” aparecer… se controle! rsrsr

Beijos e até a próxima!

rufipng2.11

Foto 01: http://www.jornaldocidadao.com.br/blog/construindo-ideias/

Orçamento na hora de construir.

04/11 2015
01

Olá, tudo bem?

01

Hoje conversando com um cliente sobre orçamentos que envolvem obras, me deu uma vontade de escrever para vocês sobre este assunto.

O que levar em conta para escolher entre os orçamentos realizados? Mesmo porque, na maioria das vezes os preços de um prestador de serviço para outro são bem distantes uns dos outros. Então o que analisar? Apenas o preço não define uma melhor opção.

Bom a primeira coisa é ter certeza que o profissional que está fazendo o orçamento entendeu bem o projeto. Faça perguntas de algum detalhe para ver se ele entendeu. As vezes ele não sabe nem onde é a frente da casa na planta baixa, fazendo com que o risco de que a construção não saia como o planejado, aumente muito.

Peça á ele referencia de algum projeto executado por ele e que tenha sido projetado por algum arquiteto conhecido. Não custa nada dar uma ligadinha e pedir informações como: se entregou no prazo, se executou conforme o projeto e com qualidade.

Em caso de lojas de acabamento, é legal analisar se entregam no prazo necessário para sua obra, pois caso contrário a obra chega em um ponto que dependerá apenas deste material para terminar.

Quando o assunto é marcenaria, pesquisar tipos de acabamento usados como espessuras de fitas, espessuras de chapas de mdf ou mdp, se o fundo encosta ou não na parede e ainda a cobertura e tempo da garantia.

Independente do serviço em questão, sempre faça seus planos considerando dois meses á mais que a data prometida. Por mais que estamos passando por uma desaceleração da economia, ainda existe muito trabalho nessa área e raramente as empresas e prestadores de serviços conseguem cumprir seus prazos.

Assim, com certeza apenas preço não deve ser a única prerrogativa na hora de contratar algum serviço ou produto

Beijos e até o próximo post.

rufipng2.11

Foto 01: http://fotos.habitissimo.com.br/foto/planejamento-e-orcamento-de-mao-de-obra-e-materiais_120687

Gabiões: das encostas e cursos d’água para as decorações.

16/10 2015
03

Você já deve ter visto alguns sistemas de contenção de encostas e limitação de cursos d’água feitos com gabiões, mas agora eles estão saindo dos bastidores para o papel principal nas decorações.

Mas e para quem não conhece, o que é um gabião? Gabião são estruturas de ferro ou tela onde são acondicionadas rochas bem dúcteis, para não sofrerem com a ação do tempo.

Grande parte dos projetos que aderem á este material, o utiliza nos muros e floreiras, mas nada impede de fazermos uma parede interna. Aí o que vale é o programa de necessidades do projeto e estilo de cada profissional.

Imagino que você já deve estar curioso, não é mesmo?

Então vamos às inspirações.

01

02

03

Projeto Pedro Lázaro

 

04

05

06

07

 

Amei essa utilização dos gabiões, e você?

Beijos e até a próxima

Foto 01:  http://portuguese.alibaba.com/product-gs/wire-wall-gabion-basket-for-construction-and-decoration-best-factory--1107147524.html
Foto 02: http://manudamasceno.com.br/casa/dicas-de-como-deixar-a-madeira-ser-a-atracao-no-seu-decor
Foto 03: https://referans.wordpress.com/tag/nacional/page/40/
Foto 04: http://arquiteturadovale.com/dicas_sugestoes.php?id=MjM0
Foto 05: http://www.denainteriores.com/2014/08/gabiao.html
Foto 06: http://www.forumdaconstrucao.com.br/conteudo.php?a=36&Cod=223
Foto 07: http://www.cordcasa.com/blog-da-cor-de-casa/muro-de-gabiao
 

A auto medicação na construção civil.

14/10 2015
Projeto Terra e Tuma Arquitetos

” A população tanto se auto medica, quanto auto constrói,”, foi com essa frase que o arquiteto Danilo Terra definir a construção sem acompanhamento técnico no Brasil na edição de 11/10/2015 do Fantástico, programa da Rede Globo. De acordo com a reportagem, mais de 80% das construções são feitas sem acompanhamento.

Existe uma lei federal 11.888 de 24/12/2008 que garante as famílias de baixa renda apoio técnico gratuito, mas como muitas outras leis, na maioria das cidades não sai do papel.

A reportagem mostrou casos de pessoas fizeram uma construção sem auxílio profissional e que não ficaram satisfeitas e pessoas que tiveram o apoio e estão super satisfeitas com o resultado obtido.

Para quem não assistiu a reportagem, vale apena assistir (vídeo link)

MAIS DE 80% DOS BRASILEIROS FAZEM OBRA SEM ARQUITETO OU ENGENHEIRO.

Projeto Terra e Tuma Arquitetos

Projeto Terra e Tuma Arquitetos

Projeto Terra e Tuma Arquitetos

Projeto Terra e Tuma Arquitetos

Projeto Terra e Tuma Arquitetos

Projeto Terra e Tuma Arquitetos

Projeto Terra e Tuma Arquitetos

Projeto Terra e Tuma Arquitetos

Ótima matéria não é mesmo?

Então até a próxima.

rufipng2.11

 

Foto 01, 02 e 04: http://ensaiosfragmentados.com/2015/09/10/casa-vila-matilde-terra-e-tuma/
Foto 03: http://arquiteturaeconstrucao.uol.com.br/noticias/casas/video-empregada-domestica-constroi-casa-moderna-com-150-mil-reais.phtml#.Vh0Q5flViko

Facebook

Instagram